sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014


Perdi a vontade de por aqui estar. Não sei se é desgosto ou amadurecimento. Mas todo esse espirito de amor infinito foi embora junto com você.
Fim do conto de fadas.

Lívia Mariane Couto Monteiro.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

"Eu sei que um dia irei deixar de ir até as suas redes sociais só para saber se você está bem ou não, se está feliz, ou se tem as mesmas manias, se ainda é aquele menino homem que eu tanto gosto. Eu sei que um dia eu irei deixar de me importar com você, mas, enquanto esse dia não chega te cuido de longe, te observo de longe, e te amo de longe my dear."

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013


"Acho que nunca mais vamos nos gostar daquele jeito, aquele do começo, sabe? 
Aquele jeito de gostar de quem ainda não se conhece."

domingo, 10 de novembro de 2013



Por que eu tomo remédio demais
Por que eu sinto raiva demais
Tanto que eu não durmo mais
Já estou vendo o mal que isso faz

quarta-feira, 6 de novembro de 2013





É, eu não quero me comprometer. Eu agradeço sua atenção, mas estou dando todas as chances pra você desistir de mim.

A ideia do suicídio fincou-se-lhe mais adentro no espírito, certa tarde em que ele saiu a espairecer, e viu um enterro que passava, caminho o Caju. O préstito era triste, ainda mais triste pela indiferença que se lia no rosto dos que iam piedosamente acompanhando o morto. Estevão descobriu-se e sinceramente desejou ir ali dentro, metido naquelas estreitas tabuas de pinho, com todas as suas dores, paixões e esperanças.
Não tenho outro recurso, pensou ele; é necessário que morra. É uma dor só, e é a liberdade.


A mão e a luva, Machado de Assis.